Usuários do Pinterest são os que mais gastam em sites de e-commerce

Fonte: E-commerce Brasil |

Em estudo realizado este mês, a RichRelevance revelou que os consumidores que compram em sites de varejo por meio do Pinterest, gastam em média U$ 168,83, à frente dos compradores originários do Facebook e Twitter, que gastaram em média U$ 94,70 e U$ 70,84, respectivamente. A pesquisa foi embasada em dados obtidos a partir de mais de 680 milhões de sessões de compras, realizadas entre 1º de janeiro a 31 de agosto deste ano.

Segundo o “Shopping Insights”, nome do estudo, durante os sete meses, o Pinterest esteve atrás do Facebook na receita média por visita (número de visitantes dividido pela receita gerada), com U$ 1,60 contra US $ 2,50, porém, nos últimos três meses, este índice foi revertido. Os usuários de ambas as redes sociais permaneceram à frente dos compradores oriundos do Twitter, cuja média de receita por visita foi de U$ 0,80.

Estes dados se contrastam com as informações divulgadas em julho, pela Jirafe. Em uma análise comportamental realizada com cerca de 90 milhões de compradores, a empresa constatou que o ticket médio de acessos do Twitter e do Facebook era muito maior do que o do Pinterest. De acordo com a Jirafe, tanto o tráfego do Twitter (5,3 x), quanto do Google (3,45x), Facebook (2,5 x) e Bing (2,1 x), obtiveram mais do que o dobro do valor médio das compras em relação ao Pinterest.

É interessante notar que o valor médio dos pedidos das três redes analisadas pelo estudo da RichRelevance são maiores do que o tíquete médio apontado em estudo da Monetate, o qual analisou pelo menos 100 milhões de experiências de compras online. Essa pesquisa concluiu que o valor médio das transações para os compradores originários de mídias sociais no segundo trimestre foi de U$ 64,19, um pouco maior do que no semestre anterior.

O relatório também indica que, ao comparar o tráfego gerado entre as três redes sociais, o Facebook é supremo. A rede de zuckerberg representa 86% do tráfego social a sites de comércio eletrônico. O Pinterest ficou em segundo lugar, com 11%, seguido pelo Twitter, com apenas 3%. Isto também se aplica às visualizações de páginas, onde o Facebook lidera com uma média de sete visualizações, à frente do Pinterest, com 4,1 e Twitter (2,7).

Quando se trata de taxas de conversão por fonte, o Facebook também lidera, com 2,6%. Os usuários do Twitter aparecem na sequência com 1,1%, percentual ligeiramente mais elevado do que os usuários Pinterest (0,9%). Estes números novamente superaram a taxa de conversão do tráfego social apontada pela Monetate (0,59%).