Criar e gerir páginas no Facebook são as principais atividades dos profissionais de SEO

Fonte: E-Commerce News |

Em 2011, quase 80% dos profissionais de SEO passaram boa parte do seu tempo criando e gerindo páginas de negócios no Facebook, aponta uma pesquisa feita pela SEOmoz, com mais de seis mil leitores no mundo todo. Entre os entrevistados, 64% relataram a criação e gestão de perfis de negócios no Google+, sendo esta uma das quatro atividades de marketing mais comuns no ano. O estudo também mostra que análise interna e da concorrência é uma prática bastante disseminada: 74% dos entrevistados analisaram e/ou monitoraram a velocidade de carregamento de páginas do site, 69% back-links e 64% conteúdo de concorrentes como inspiração/oportunidades.

No complemento da lista das 10 atividades mais comuns realizadas no ano passado estão: análise de dados no Google Analytics (63%); iniciar um novo blog ou investir fortemente em blogs (59%); usar rel = “canonical” para controlar o conteúdo duplicado (58%) e acompanhar as conversões para melhorar o ROI (57%), focando em SEO local.

De acordo com uma pesquisa realizada pela BrightEdge, em janeiro de 2012, 84% dos entrevistados disseram que botões de compartilhamento como “likes”, “tweets”, entre outros, foram mais importantes (53%) ou muito mais importantes (31%) para o SEO neste ano do que em 2011. Quase 100% dos entrevistados disseram que a mídia social é importante para a estratégia da suas ações de marketing.

Enquanto isso, segundo a SEOmoz, o Facebook lidera entre as ferramentas sociais mais utilizadas, com quase 90% da preferência, seguido pelo Twitter, com 83%. Entretanto, Google+ (55%), YouTube (49%), LinkedIn e blogs (ambos com 47%) e Pinterest (21%) são usados por proporções bem menores de especialistas. De acordo outra pesquisa, divulgada em agosto, pelo Grupo Creative, apenas 7% dos marqueteiros estão usando o Pinterest atualmente, embora 10% ainda podem começar a usá-lo. Mesmo assim, 18% nunca ouviram falar dele e 44% não pretendem usá-lo para fins comerciais.

Enquanto os blogs ficaram em quinto lugar na lista das 10 ferramentas sociais mais empregadas pelos profissionais de SEO, esta mídia é a mais utilizada para geração de conteúdo, com 73% da preferência entre os entrevistados, seguido por conteúdo de redes sociais (como tweets e atualizações de status), com quase 70% e releases e guias, ambos com 68,8%. Os especialistas em otimização também têm preferência por liberações de imprensa (47,1%), newsletters (44%) e imagens e vídeos: mais de 38% utilizaram gráficos e fotografia, enquanto quase 36% usam vídeos, e 25,7% fizeram uso de infográficos.